Hypnos, o deus do sono

Hypnos-deus-do-sonoHypnos – o deus do sono na mitologia grega, ou Hipnos (do grego: Ὕπνος, significando “sono”). Daí vem a palavra hipnose criada pelo médico inglês, James Braid. Ele verificou poder induzir seus pacientes a um “estado de sono”.

Ele tinha incontáveis filhos chamados Sonhos, que ficavam orbitando ao seu redor, dos quais se destacavam Morfeu [Morfina é uma palavra derivada do Morfeu], que tomava a forma de todas as criaturas, Ícelo, conhecido como “o terrificante” e Fântaso que imitava todos os corpos inanimados. Filho de Nix (a Noite – ou ainda, filho de Astréia) e de Érebo e irmão gêmeo de Tânatos (deus da Morte – da qual é uma imagem suavizada). Levava o sono aos homens e deuses, inclusive a Zeus, percorrendo o mundo. Seus símbolos eram a papoula e o chifre.

No figura a seguir aparece Hipnos e Tânatos, num quadro de John William Waterhouse.

Hipnos-e-Tânato-de-John-William-Waterhouse quadro