Sincronização cerebral

O cérebro humano possui dois hemisférios interligados pela grande comissura – o corpo caloso.

Balanca-PrevitaliO esquerdo é verbal, numérico, formal, lógico e racional e o direito é simbólico, pictórico, criativo, intuitivo e emocional. Fatores hereditários e ambientais acabam condicionando o lado esquerdo como hemisfério dominante (HD). Se este estado se pereniza acarreta um nível inferior de interação social e mundivisão no indivíduo, gerando o que o neurocientista Paul MacLean denominou de esquizofisiologia com consequências psicossomáticas.

A sincronização inter-hemisférica se torna indispensável para a volta do equilíbrio psicobiológico, que pode ser conquistado desde a simples mudança do ritmo respiratório, passando pelos exercícios de alongamento até o relaxamento profundo ou a pratica de Mindfulness (Plena Consciência) e/ou a Hipnose Terapêutica.

A Sincronização Cerebral foi longamente estuda pelo Dr. Nitamo Federico Montecucco, do Cyber Holistic Research, de 1990 a 1994, na Itália e em dois mosteiros indianos. Ele testou a instabilidade da atividade entre os dois hemisférios.

A dessincronização eletroencefalográfica entre os hemisférios cerebrais com preponderância no esquerdo, provocava em certos indivíduos a falta de consciência e doenças psicossomáticas. Por outro lado, havia um alto nível de sincronização inter-hemisférica experimentada por pessoas saudáveis que praticavam meditação e relaxamento.

Clinica de Psicologia em Curitiba